Dúvidas e dificuldades da língua portuguesa

E Nem

Aquele rapaz não estuda e nem trabalha.

CORRIJA-SE:

Aquele rapaz não estuda nem trabalha.

Explica-se:

O vocábulo Nem é uma aditiva, como também a conjução e. Não é cabível tal repetição. Nem, do latim nec,equivale a "e não". Essas duas palavras podem vir juntas num texto, quando diferentes forem suas funções morfológicas. Isto é, quando o e for conjunção aditiva e o nem for advérbio de negação:

" Iam felizes para a escola e nem sequer dos brinquedos de casa se lembravam".

GOSTAR

Ela me gosta!

CORRIJA-SE:

Ela gosta de mim.

Explica-se:

Um grave erro de regência, infelizmente muito ouvido por aí!

O verbo gostar, à luz da NGB, é transitivo indireto, exigindo a preposição "de".

CIVILIZAR

É preciso civilisar mais essa gente.

CORRIJA-SE:

É preciso civilizar mais essa gente.

EXPLICA-SE:

Na formação do verbo entra o sufixo greco-latino "-izar", em que figura o z. E fácil verificar este processo de derivação: civilizar ( civil+izar), realizar ( real+izar), amenizar ( ameno+izar), solenizar ( solene+izar). Não se devem confundir esses verbos, que se escrevem comz, com outros verbos de terminação semelhante, que se grafam com s, aos quais se acresce o sufixo "-ar": avisar ( aviso+ar), precisar ( preciso+ar), improvisar ( improviso+ar), paralisar ( do grego, parálysis+ar).

IMPRESSO:

O jornal foi impremido no melhor papel.

CORRIJA-SE:

O jornal foi impresso no melhor papel.

EXPLICA-SE:

O verbo imprimir tem duplo particípio, o regular, imprimido, e o irregular, impresso. com os auxiliares ser e estar deve ser usuda a forma do particípio irregular. Com os auxiliares ter e haver, o particípio regular: Haviam imprimido só o primeiro caderno do jornal. Note-se, porém, que, em sentido figurado, usa-se imprimido, também com o verbo ser: " Esta orientação foi imprimida ao trabalho pelo gerente da empresa.

............................................................................................................................................................

O qual , os quais, a qual, as quais.

Esses pronomes são usados com referência a pessoa ou coisa. Desempenham as mesmas funções que o pronome "que", seu uso, entretanto, bem menos frequente. Observe dois exemplos:

a- sujeito

Conhecemos uma das irmãs de Pedro, a qual trabalha na Alemanha.

b- adjunto adverbial

Não deixo de cuidar da grama, sobre a qual às vezes gosto de um bom cochilo.

a preposição sobre, dissilábica, tende a exigir o relativo sob as formas o/a qual, os/as quais, rejeitando a forma que.

Temas
© 2007 - 2020 Tus clases particulares Mapa web: Profesores particulares| Academias y centros